quinta-feira, 4 de outubro de 2007

é um tal de corta, corta...

outro dia, estava eu na busca desta notícia, porém não a encontrei.

massssssssss, meu querido
colega.super.plus.mais.mais* publicou-a e cá estou eu "furtando-a" pra cá!



Noticia da Crítica, que circulou no dia de hoje [ontem, 3/10/2007]:

Esdras, um rapaz casado, tem uma aventura amorosa com a jovem chamada Lilia. Engravida-a, mas se recusa a assumir o romance e abandonar a família primitiva.

Os familiares de Lilia (pai, irmão e duas irmãs), dando sentido aos ensinamentos de Hobbes “a vida é a guerra de cada homem contra cada homem”, armam uma cilada contra Esdras e, sob violência, o castram em plena via pública.

O fato aconteceu no dia 21 do mês passado e somente agora a família açougueira foi intimada a prestar depoimento no distrito policial.

Interessante, segundo relata a reportagem, é que em nenhum momento do depoimento perante a autoridade policial, os membros da família castradora demonstraram arrependimento pela prática do ato.
* notícia "furtada" do Carlos Zamith Jr., lá do Diário de um Juiz.

5 comentários:

cudi disse...

O mundo já não é o mesmo.
Quando não é a mulher que corta o pinto por que é traida, é a amante que corta o saco porque leva um fora.
Ninguem entende o mundo. Poxa vida.

Ehehehehehehe...

Olha, analisando a noticia. Não vaif azer falta esse saco. Ele tem três filhos no casamento e vai ganhar mais um da amante. Quatro moleques ja ta bom.

FaNa disse...

hahahahahahahhahahaha, só vc mesmo Cudi!!!

Morgana disse...

Eita pau! Que maluquice!

Ops... Só "eita"... pq o "pau" já era!!!

Beijos!

FaNa disse...

hahahahahahahha, pra verrr... aonde vamos parar...?

sidnei disse...

UUuuuuuiiiii... só de ler deu aquela agonia baixa bááááásica...