terça-feira, 24 de novembro de 2015

sobre procedimentos de rotina: colírio de nitrato de prata

na época em que engravidei pesquisei várias coisas, dentre elas, o famoso colírio inocente, que até então eu nem sabia pra que servia aquilo, mas sabia que todos os bebês recebia duas gotinhas daquele colírio que deixava os olhinhos dos recém-nascidos meio marrom/alaranjado (sei lá) e foi então que eu descobri que só deve ser administrado em bebês que nascem de parto normal e mesmo assim se a mãe tiver um desses dois tipos de bactérias ou se não tiver feito o exame antes para saber se tem gonorreia ou clamídia. (e aqui vale dizer que é controverso o tema a respeito da eficiência do colírio quanto a clamídia
então, pra não dizer que a louca aqui está inventando conversa fiada e tentando induzir vocês ao tema recorrente violência obstétrica e procedimentos de rotina, deixo aqui uma leiturinha esclarecedora! senão questionadora, vai!

Nenhum comentário: