quinta-feira, 28 de agosto de 2008

insônia

li, hoje, ali no algo que muito me lembrou o que escutei, ontem a noite, do meu Tinenem:

 

Você sempre me acorda durante a noite. Sem querer, mas acorda.

 

E aí, contrariando todo o meu gênio ruim, eu vou no caminho contrário do mau humor e simplesmente te assisto dormir, no teu sono sossegado, encolhido. E sorrio.

 

No fundo, agradeço aos meus problemas para pegar no sono porque é quando eu te vejo dormir que qualquer resto de chateação que possa ter ficado na rotina vai embora.

 

E é nesse momento que eu tenho que brigar com as minhas vontades para não te acordar porque, se eu sorrio enquanto te vejo sonhar, você sempre acorda sorrindo, me pedindo permissão para acordar de verdade.

 

Eu nunca dou na sua primeira tentativa e sempre te abraço mais forte, pedindo pro sono voltar calada. É que é muito difícil levantar.

2 comentários:

Iúna disse...

insônia, minha amiga noturna. Em compensação passo o dia caindo pelas tabelas

FaNa disse...

pow, eu vivo caindo pelas tabelas tbm... hj, por exemplo, perdi a hora, qdo vi era minha mãe perguntando se eu num ia trabalhar afinal já eram 8h... affff, quase tenho um troço!!!!