terça-feira, 17 de junho de 2008

copy&paste

post lido pelo namorido, lá no esculhambação, que eu fui atrás e copio aqui na maior cara dura:

Ainda os índios... [Domingo, Maio 25, 2008]

Só pra colocar mais lenha na fogueria, seguem alguns dados que acabo de receber por email e uma matéria do Globo OnLine.

tab-ind

A explicação para este absurdo:

A Amazônia tem: ouro, nióbio, petróleo, as maiores jazidas de manganês e ferro do mundo, diamante, esmeraldas, rubis, cobre, zinco, prata, a maior biodiversidade do planeta (o que pode gerar grandes lucros aos laboratórios estrangeiros) e outras inúmeras riquezas que somam 14 trilhões de dólares.

O nordeste não tem tanta riqueza, por isso lá não há ONGs estrangeiras ajudando os famintos.

Enquanto isso, uma ONG estrangeira (principalmente do EUA) está gastando milhões de dólares para salvar o mico leão dourado.

Tente entender:

Há mais ONGs estrangeiras indigenistas e ambientalistas na Amazônia brasileira do que em todo o continente africano, que sofre com a fome, a sede, as guerras civis, as epidemias de AIDS e Ebola, os massacres e as minas terrestres.

Agora uma pergunta: Você não acha isso, no mínimo, muito suspeito?

Ao entrar na página de uma ONG indigenista, da qual não citaremos o nome, uma das primeiras coisas que se vê é o emblema da União Européia, que investe milhões de dólares na demarcação de reservas indígenas no Brasil.

Por quê?

Quando há tantos problemas de maior gravidade: terremotos em El Salvador, na China e na Índia, a catástrofe em que vive a África, a seca no nordeste, a epidemia de AIDS, etc.

E eles gastam milhões para demarcar reservas indígenas??

Que são exageradamente grandes?

Por quê?

Para entender isso basta ler a frase abaixo:

'É nosso dever garantir a preservação do território da Amazônia e de seus habitantes aborígines para o desfrute pelas grandes civilizações européias.'
(Conselho Mundial de Igrejas Cristãs, sediado na Europa,1992)

*******

STF: índios podem receber punição se forem aculturados

Publicada em 23/05/2008 às 23h34m
O Globo Online

RIO - Os índios acusados de agredir o engenheiro da Eletrobrás Paulo Fernando Rezende, um deles armado de facão, podem ser punidos, caso se comprove que são aculturados. Segundo reportagem do Globo, este seria o entendimento de vários tribunais. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, considera importante estender a punição a quem teria, de alguma forma, estimulado a ação dos indígenas.
O ministro disse que não poderia falar sobre o caso específico, mas deixou claro que índios podem ser punidos se a polícia e o Ministério Público provarem que eles entendem as regras básicas do convívio entre não-índios.

3 comentários:

RODS disse...

Isso sem dúvida é uma pouco vergonha. Ninguém, mas absolutamente ningguém faz nada para deter essa privatizacao da amazonia. Nem Lula, nem Eduardo Braga, no Amazonas, nem os demais governadores da Amazônia Legal. Acho que agora entendi porque chamam de Amazônia Legal.
É um absurdo.

RODS disse...

E digo mais, acabei de receber so Site Migalhas:

100 MIL ONGAMAZÔNICAS

Não se assuste, o dado é esse mesmo. Há 100 mil ONGs atuando na região amazônica, das quais nem 4 mil estão sob controle. O que fazem ? Ninguém sabe. Quem as financia ? Poucos sabem. Para onde vai a grana ? Quem é que sabe ? Mas os minérios estão todos indicados nas imensas plagas amazônicas, muitos sob a proteção (?) das reservas. Proteção tem P de Pirataria, R de roubo, O de Otário, T de Truculência, E de Evasão, Ç (sim, lá também tem aÇaí), A de Amazônia (claro) e outro O de Ouro, muito ouro. Sabem, agora, para que serve a montanha onguista na região ? Um sorvete de cupuaçu para quem errar a resposta.

FaNa disse...

é, e tem gente que abre a boca em defesa de índio, dizendo que eles não entendem o que está se passando...

entende sim, e muito!
aliás, sabem até bem mais que nós, alienados de muita coisa!